SIGNIFICANTE

da fala, o sujeito incerto
metaforizado no próprio pensamento
apropriado à sua vala-peito
entre o ser e o exceto e o enxerto...
EDU LAZARO